O gato com vertigens é um blog que se destina a todos aqueles que tiverem algo de inteligente para dizer ou que queiram aprender mais sobre o mundo em que vivemos. Quer seja um comentário a uma notícia, um elogio, uma celebração, um desabafo ou uma denúncia, a sua opinião é bem-vinda.

 

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Os Incorrigíveis - Ricardo Araújo Pereira fala de ópera

Verdade seja dita, eu nunca fui à ópera. Não posso dizer que gosto incondicionalmente de ópera, mas afirmo com determinação que gosto de ouvir algumas árias de algumas óperas. Até já publiquei aqui alguns posts com a Maria Callas e a Natália de Andrade, que se podem definir como expoentes máximos do que é bom (a primeira) e do que é horrível (a segunda) no belo canto lírico.

Hoje trago um comentário de Ricardo Araújo Pereira à ópera, com o qual podemos concordar que é, em parte, verdade. Realmente, a maioria das histórias que formam o enredo das óperas não tem nada a ver com a vida real e são representados por protagonistas que, na sua maioria, têm uma estatura assim para o "gordalhão".

Na minha maneira de ver, penso que também se passa o mesmo com as novelas que dão na televisão. Senão vejamos: as histórias das novelas são ficção e quase nada têm a ver com a vida quotidiana da população e, no entanto, grande parte das pessoas deste país vive-as como se estivessem a presenciar histórias da própria família. Também não admira, com a carrada de cuscos e cuscas que para aí andam...

A diferença principal entre as novelas e a ópera é que nas novelas quase só há palminhos de cara.  Agora basta ser uma gaja boa ou tipo jeitoso e já se é actor! Para se cantar ópera, são precisos muitos anos de estudo de canto, representação, idiomas, etc. Quando chegaram ao fim de todo este estudo, a maioria já tem para cima de 100 Kg!

Seguindo a lógica deste raciocínio, não admira que os cantores de ópera sejam todos "gordalhões"!

publicado pelo gato Straycat às 19:02

link do post | miar | adicionar aos favoritos do gato
Terça-feira, 4 de Dezembro de 2007

Filadélfia - Um dos melhores momentos do filme

Maria Callas canta La Mamma Morta

Uma das cenas mais fabulosas de sempre.
Se nunca viu, não deixe de ver este filme que deu um dos Óscares à interpretação de Tom Hanks. Aqui, ele é um doente de SIDA que traduz uma ária de Maria Callas ao seu advogado, interpretado pelo (também já oscarizado) Denzel Washington.
publicado pelo gato Straycat às 11:38

link do post | miar | adicionar aos favoritos do gato

Isto sim, um momento fabuloso de ópera

A fabulosa Maria Callas até dá arrepios quando canta "Madame Butterfly"...

... e "O Mio Babbino Caro"!
publicado pelo gato Straycat às 11:29

link do post | miar | adicionar aos favoritos do gato

.quem é o gato

.miados recentes

. Os Incorrigíveis - Ricard...

. Filadélfia - Um dos melho...

. Isto sim, um momento fabu...

. A noite - Mais um momento...

. Madame Butterfly assassin...

. O nosso amor é verde... d...

.arquivos do gato

. Agosto 2016

. Agosto 2012

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.favoritos do gato

. Espirrar em triplicado...

. Borboleta

. Jovens Mandarins com apen...

. Periquito bébé - Abril de...

. Madruga e verás, Trabalha...

. Vídeo do dia - Star Wars....

. Vídeo do dia - Uma gata q...

. Fantásticas imagens de ca...

. Ideias bizarras, úteis, i...

. O "jet-set" moçambicano -...

.tags

. todas as tags

.links a outros gatos

blogs SAPO

.pesquisar neste gato